Buscar
  • Marcio Nascimento

Segurança da informação para pequenas empresas: como aplicar

Atualizado: Mai 11

A segurança da informação para pequenas empresas também deve ser uma prioridade. Com a pandemia do novo Coronavírus e a transformação digital, modificando as relações de trabalho e a postura dos consumidores, é necessário avaliar medidas para ter um ambiente mais seguro contra as ameaças virtuais.





Neste artigo, vamos mostrar como as empresas de pequeno porte devem atuar para elevar o nível de segurança da informação. Confira!


Tenha foco na conscientização da equipe


O fator humano tem sempre uma grande influência no desempenho de uma companhia, independentemente do tamanho e do segmento de atuação. Por isso, é essencial que os colaboradores adotem boas práticas para evitar que cibercriminosos tenham acesso, de forma fraudulenta, a dados e sistemas corporativos.


Para isso ser feito, o melhor caminho é apostar em campanhas de conscientização, em que são explicadas, de maneira clara e didática, ações que reduzem consideravelmente os riscos de uma instituição ser vítima de hackers.


Evitar clicar em links cuja procedência é desconhecida e baixar sistemas e arquivos que não têm relação com as atividade profissional são exemplos de iniciativas que devem periodicamente ser lembradas. A educação digital precisa ser levada a sério, pois é um recurso que ajuda a fortalecer a segurança da informação para pequenas empresas.


Priorize o uso de softwares licenciados


É comum uma companhia querer cortar gastos principalmente em momentos de incertezas na economia. Por outro lado, essa postura pode gerar um grave problema: o uso de sistemas desatualizados e com vulnerabilidades graves.


Com os hackers adotando métodos cada vez mais sofisticados, um software obsoleto é um prato cheio para um cibercriminoso entrar na rede corporativa. Essa situação ainda aumenta bastante as possibilidades de haver roubos de informações e o sequestro de dados, conhecido também como ransomware.


Por isso, é recomendado apostar em sistemas licenciados e buscar atualizá-los de forma periódica. Essa medida precisa fazer parte da rotina para minimizar riscos de problemas no futuro.


Invista em boas soluções de segurança


Mesmo as pequenas companhias, precisam investir, de forma estratégica, em soluções de segurança reconhecidas pelos resultados obtidos. Não adianta, por exemplo, adquirir um antivírus que não terá o desempenho esperado.


Além de contar com mecanismos como antispyware, antiransomware e firewall, uma empresa deve ter a garantia de que essas ferramentas realmente vão dificultar, ao máximo, as ações de hackers.


Quanto mais uma instituição estiver afastada das ameaças virtuais, menores são as chances de enfrentar crises relacionadas com o mau gerenciamento da rede corporativa e das informações dos consumidores.





Aposte em um bom parceiro para gerenciar o ambiente de TI

A competitividade do mundo corporativo exige que uma corporação esteja cada vez mais voltada para as ações que vão diferenciá-la dos concorrentes de forma marcante. Por isso, é comum que haja um maior foco na terceirização dos serviços de TI.


Contudo, é válido ressaltar a necessidade de escolher um parceiro experiente que ajude não apenas a melhorar a performance da infraestrutura, mas também a aperfeiçoar procedimentos de segurança da informação para pequenas empresas. Com uma equipe qualificada, a Start Tecnologia se destaca por ajudar os clientes a ter um ambiente mais seguro e produtivo.


Se está em busca de aproveitar os recursos de TI com inteligência, entre em contato conosco agora mesmo! Queremos contribuir para o seu negócio ter uma posição de destaque no mercado!


6 visualizações0 comentário