Buscar
  • Marcio Nascimento

Segurança da Informação: 5 dicas para proteger a sua empresa

A pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) fortaleceu, de forma significativa, a presença do home office. Essa medida se tornou vital para muitas empresas garantirem um alto nível de produtividade e o bem-estar da equipe. Por outro lado, essa nova conjuntura exige um cuidado ainda maior com a segurança da informação.


Uma das razões para isso é que os cibercriminosos estão buscando aproveitar, ao máximo, o fato de os empregados estarem utilizando dispositivos pessoais para estarem conectados à rede da companhia. Com essa tática, os hackers tentam encontrar mais rapidamente vulnerabilidades para roubar dados institucionais.


Neste post, vamos apontar cinco práticas recomendadas para elevar o nível de segurança da informação. Confira!


1. Criar a política de segurança

É necessário que uma empresa tenha procedimentos muito claros sobre como os colaboradores devem atuar para proteger os dados. Em muitos casos, as falhas humanas são responsáveis por ataques virtuais prejudicarem o andamento das atividades de uma corporação.


Ao estabelecer as medidas para minimizar os riscos de invasões, uma companhia está agindo de forma responsável e madura, o que é bastante positivo no cenário atual. Por isso, é recomendado criar uma política de segurança da informação.


2. Conscientizar a equipe

Não basta criar um documento com regras claras para proteger os dados. Também é fundamental que os colaboradores assimilem o que deve ser feito para diminuir significativamente as probabilidades de um ataque virtual ser bem-sucedido.


A melhor alternativa para atingir essa meta é por meio de programas de conscientização que devem não apenas explicar a política de segurança interna, mas também esclarecer os prejuízos provocados quando há vazamento ou roubo de informações.


3. Adotar uma política de backup

É bastante válido ter procedimentos claros para elevar o nível de segurança da informação e adotar campanhas de conscientização junto aos colaboradores sobre como prevenir os ataques cibernéticos. Contudo, uma companhia deve fazer a sua parte para minimizar os riscos.


E uma dessas ações consiste na estruturação do mecanismo de backup. Ao contar com cópias de segurança, uma empresa pode, por exemplo, reduzir drasticamente as consequências de ransomware, porque terá mais condições de recuperar as informações sequestradas, sem precisar pagar pelo resgate.


4. Apostar em boas soluções tecnológicas

A segurança da informação exige bastante comprometimento da organização, pois é vital ter ações efetivas para combater as ameaças virtuais e contar com o apoio de colaboradores devidamente orientados.


Mesmo assim, é imprescindível adotar soluções tecnológicas de ponta para combater os cibercriminosos com extrema eficiência. Atualmente, há diversos softwares e equipamentos capazes de identificar as tentativas de ataque e eliminá-las rapidamente.


Porém, é necessário destacar que os hackers usam meios cada vez mais sofisticados para invadir as redes corporativas. Em razão disso, é fundamental contar com soluções tecnológicas de ponta que possam ser atualizadas periodicamente.


5. Contar com apoio especializado de TI

A complexidade dos serviços de Tecnologia da Informação exige um grande investimento e uma capacidade de se adaptar a novos cenários com extrema velocidade. Esse fator faz com que muitas empresas tenham o outsourcing de TI como única alternativa para se manterem competitivas.


Com um suporte especializado, como o da Start, é possível contar com mecanismos mais efetivos de segurança da informação. Dessa forma, uma instituição pública ou privada tem menos riscos de ser vítima de um ataque virtual. Além disso, pode criar um ambiente de trabalho mais voltado para a inovação e o aumento da produtividade.


Se realmente está a fim de elevar o nível de proteção de dados, é bom entrar em contato conosco agora mesmo! Temos as melhores soluções para garantir a integridade das informações sob a sua responsabilidade!


10 visualizações0 comentário