Buscar
  • Marcio Nascimento

Cuidado com as licenças e os softwares piratas

A segurança da informação passou a exercer um papel ainda mais relevante com a transformação digital, que está literalmente mudando hábitos de companhias e consumidores. Esse cenário também exige que as empresas tenham um grande cuidado ao evitar a presença de licenças e softwares piratas.


O uso de ferramentas inadequadas não apenas configura uma irregularidade, mas também contribui para os hackers explorarem vulnerabilidades na rede corporativa. Isso pode fazer com que uma empresa seja vítima de crimes virtuais, como o ransomware (sequestro de dados) e o roubo de informações.


Neste artigo, vamos detalhar iniciativas importantes para o seu negócio não ter nenhum problema com licenças e softwares piratas. Confira!


Aposte em um bom parceiro de TI

Nem sempre é possível contar com uma equipe de TI interna que cuida da infraestrutura tecnológica com eficiência e pensa em soluções que possam diferenciar a sua marca da concorrência.


Por outro lado, ignorar a relevância da Tecnologia da Informação para adotar boas práticas é um erro cada vez mais imperdoável. Em virtude disso, uma medida inteligente é contar com um parceiro de TI, que seja responsável por fazer o mapeamento de todos os recursos tecnológicos adotados por uma empresa.


Se não houver um acompanhamento sobre a data de validade das licenças e dos softwares instalados, uma corporação corre um risco sério de conviver com ferramentas defasadas, que podem, inclusive, afetar a produtividade da equipe. Ao terceirizar a gestão de TI, essa situação não vai acontecer, porque o seu negócio estará devidamente atendido por profissionais de alto gabarito.


Conscientize a equipe

Além de contar com um bom parceiro de TI, acabar com o problema de licenças e softwares piratas exige o envolvimento dos funcionários. Por desconhecimento, um funcionário pode, por exemplo, instalar um sistema que não foi adquirido pela marca.


É um equívoco que pode ser facilmente combatido, desde que haja o esforço de orientar o empregado de maneira periódica sobre os riscos de instalar soluções de forma irregular para a segurança da informação institucional.


Vale destacar que o fator humano tem um grande peso em situações que abrangem a vulnerabilidade da rede corporativa. É muito comum, infelizmente, um colaborador clicar em um link ou instalar um programa pirata.


Por isso, é fundamental que haja um foco em ações que eduquem a equipe para adotar boas práticas de segurança e minimizar os riscos de ataques virtuais. Essa ação pode ser feita com o apoio de uma empresa terceirizada de TI.


Tenha bom senso ao investir

O empreendedor não pode ter mais aquela visão antiga de que Tecnologia da Informação é sinônimo de despesa. Hoje, esse setor deve ser visto como investimento, porque o dinheiro aplicado nessa área vai gerar um bom retorno para o seu negócio, caso haja bom senso e foco em boas práticas.


Uma maneira de obter isso é por meio da escolha de um parceiro de TI que entenda as dificuldades dos clientes e ofereça serviços diferenciados para garantir o bom andamento das atividades, condições de trabalho ideais para os colaboradores e uma comunicação assertiva com o público-alvo.


Com experiência e profissionais qualificados, a Star Tecnologia atua com bastante comprometimento para empresas terem mais facilidades na gestão da infraestrutura de TI e de soluções tecnológicas, o que evita problemas com licenças e softwares piratas.


Se está em busca de alternativas para dinamizar a sua empresa, entre em contato conosco agora mesmo! Estamos à disposição para ajudar você a atingir um patamar de excelência e conquistar mais clientes.


4 visualizações0 comentário