Buscar
  • Marcio Nascimento

Empresa parada por problema de TI? Entenda as causas e o impacto no seu bolso.

É muito bom contar com funcionários qualificados e softwares integrados que permitem a tomada de decisão de forma ágil e eficiente. Contudo, isso é apenas uma parte do caminho para usar a tecnologia de forma estratégica.


Afinal, a sua empresa precisa estar preparada para evitar o downtime, que é conhecido pela famosa frase: “o sistema caiu”.


Com certeza, é muito ruim para um cliente que deseja finalizar uma compra esperar alguns minutos para efetivá-la, porque o servidor está indisponível. Dependendo do caso, o consumidor perde a paciência e desiste de concluir a transação e opta por ir a outro estabelecimento. Em outras palavras, percebe que o melhor é procurar a concorrência.


Neste artigo, vamos destacar diversos fatores que justificam investimentos para reduzir, ao máximo, os riscos e os prejuízos causados pela indisponibilidade da área de TI. Confira!



O que é downtime?


Downtime nada mais é que um nome bonito pra quando tudo cai na empresa. Ou seja, é o período em que parte ou toda a infraestrutura de TI está indisponível.


Indo mais direto ao assunto, essa situação ocorre quando o servidor, rede ou sistema está fora do ar. E isso pode causar sérios danos para um empreendedor, porque afeta a produtividade da equipe.


Quanto maior é o tempo de indisponibilidade da infraestrutura de TI, maiores serão os problemas para a sua empresa. Com a transformação digital mudando as rotinas dentro dos negócios, e tornando-os dependentes de sistemas online, ficar impossibilitado de trabalhar e finalizar processos é sinônimo de prejuízo financeiro.


Por isso, é muito ruim ficar com um sistema paralisado de forma inesperada, sem nenhum planejamento. O downtime é um dos principais motivos de quedas significativas do faturamento e de reclamações pesadas dos usuários.


Não se esqueça de que um consumidor insatisfeito pode causar não apenas estresse para a equipe de atendimento, mas também fazer uma propaganda muito negativa para o seu negócio.



Como calcular o prejuízo financeiro do tempo de inatividade?


Há uma série de aspectos que devem ser levados em consideração para estimar o prejuízo provocado por um downtime. Um dos fatores que precisam ser avaliados é o valor investido por funcionário-hora. Afinal, o tempo em que um empregado fica sem fazer atividades durante um dia útil, é um custo que pesa no orçamento.


É inegável que a paralisação da infraestrutura de TI pode prejudicar o faturamento de uma companhia de maneira bastante profunda. Também é recomendado, para ter uma noção mais clara do prejuízo financeiro da inatividade, comparar as diferenças de gastos entre a manutenção corretiva e a preventiva. Um conserto emergencial tem um valor muito mais elevado do que o realizado de maneira periódica.


Mais um detalhe que não pode passar despercebido sobre as perdas financeiras provocadas pelo downtime é a necessidade de comprar peças ou equipamentos de forma imprevista, sem o devido planejamento. Essa medida aumenta os riscos de adquirir itens por um valor muito maior do que em uma situação mais favorável para fazer a pesquisa de mercado com tranquilidade.


Clique aqui e calcule o seu prejuízo financeiro com a indisponibilidade da Infraestrutura de TI.



Principais prejuízos para a empresa


É nítido que uma companhia tem uma série de impactos negativos com as paradas de TI não planejadas. Com a intenção de você assimilar isso de forma plena, vamos detalhar os danos provocados pela indisponibilidade da infraestrutura de Tecnologia da Informação.



Perdas financeiras


De acordo com um estudo da empresa norte-americana Forrester com 157 profissionais de TI, os danos causados por apenas uma hora de downtime podem variar de 1 a 10 milhões de dólares.


Inegavelmente, é uma prova de como as paralisações imprevistas de TI são péssimas para as finanças de qualquer corporação. Por isso, investir em recursos tecnológicos para aumentar a segurança da informação é tão importante na conjuntura atual.




Reputação manchada


Além das finanças, uma empresa perde algo essencial para ter um bom relacionamento com os clientes: a imagem positiva. É muito ruim, por exemplo, estar finalizando uma compra em um e-commerce ou em uma loja presencial e não concluir a transação, porque o servidor está fora do ar.


Então, além de ser prejudicial de forma interna, quando seus funcionários ficam parados pela indisponibilidade dos servidores, pode respingar no consumidor final e prejudicar as vendas.



Faturamento em queda


A indisponibilidade no ambiente de TI também afeta bastante o faturamento. Muitas vendas deixam de ser concretizadas em virtude de o sistema ficar fora do ar. E tenha certeza de que o consumidor não terá a paciência necessária para esperar tudo ser normalizado, na maioria dos casos.


Além disso, o downtime é uma das principais causas de uma companhia perder clientes para os concorrentes. Hoje, o público valoriza cada vez mais os empreendimentos que priorizam a segurança da informação.



Produtividade menor


Não são apenas os consumidores e os fornecedores que são afetados pelo tempo de inatividade. O downtime prejudica em muito o trabalho da equipe, pois a tecnologia se tornou peça-chave para os funcionários serem mais produtivos e eficientes.


Com a computação em nuvem sendo cada vez mais aplicada, paralisações inesperadas no ambiente de TI causam uma queda significativa de rendimento. E a falta de boas condições de trabalho ainda deixa os colaboradores menos motivados e engajados com os objetivos da marca.


Indisponibilidade do Sistema X Investimento em TI. Saiba porque prevenir é a melhor solução.


Fugir da expressão “o servidor caiu” não é tão simples quanto parece. Por outro lado, é viável proporcionar um maior nível de disponibilidade aos sistemas e aplicativos corporativos, caso haja planejamento e foco em resultados.


Em virtude disso, vamos apresentar iniciativas recomendadas para minimizar os riscos de downtime e de perdas para o seu empreendimento. Leia com atenção!



Reforçar a infraestrutura


O downtime pode acontecer por diversos motivos, inclusive pela falta de fornecimento de energia elétrica. Caso a empresa não tenha uma infraestrutura redundante com nobreaks e geradores, pode haver paralisações inesperadas por problemas na geração de eletricidade.



Valorizar o planejamento


As manutenções periódicas são primordiais para evitar a indisponibilidade no ambiente de TI. Para serem executadas de acordo com as melhores práticas, elas devem ser planejadas com bastante antecedência e levar em consideração alguns aspectos, como demanda pelos serviços, tempo de paralisação, condições do equipamento, entre outros.


Um bom planejamento é uma ação bastante recomendada para minimizar o risco de paralisações inesperadas. Por isso, é uma iniciativa que deve ser priorizada pelas empresas, principalmente, em um cenário de elevada competitividade.



Contar com um parceiro especializado


A gestão de TI exige um elevado grau de conhecimento para acompanhar as novas tendências do mercado e as táticas adotadas pelos cibercriminosos para invadir redes e sistemas corporativos.


Essa necessidade obriga as companhias a buscar um apoio especializado, que ofereça um suporte técnico diferenciado, capaz de proporcionar excelentes resultados, melhores condições de trabalho para a equipe e possibilidades de aperfeiçoar o relacionamento com os clientes.


Todas essas vantagens mostram que a prática do outsourcing de TI é uma estratégia válida para empresas de qualquer segmento e porte. Afinal, uma companhia especializada, como a Start Tecnologia, conhece os procedimentos necessários para aumentar o nível de segurança da informação e de disponibilidade dos serviços digitais.


Um bom plano de contingências e a aposta em um parceiro estratégico de TI são excelentes alternativas para minimizar os danos financeiros e de imagem provocados por um downtime. Não contar com uma infraestrutura tecnológica de ponta é um erro grave, principalmente quando o negócio está em fase de expansão.



Se deseja contar com um suporte de TI qualificado, entre em contato com a equipe da Start Tecnologia agora mesmo. Estamos à disposição para ajudar a sua empresa a crescer com sustentabilidade.

76 visualizações0 comentário