Buscar
  • Marcio Nascimento

Tecnologia e inovação: 5 tendências digitais que podem mudar como fazemos negócios


A transformação digital é, inegavelmente, uma realidade tanto na iniciativa privada quanto na administração pública. Uma das razões para isso é que o avanço tecnológico se tornou ainda mais expressivo no cotidiano de organizações e de pessoas com a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).


A necessidade de inovar e de melhorar os serviços de maneira contínua faz com que as empresas vejam a Tecnologia da Informação (TI) como uma grande aliada para atingir uma performance cada vez mais expressiva.


Considerando esse cenário, vamos destacar neste artigo 5 tendências digitais que vão modificar a forma de agir das corporações em curto prazo. Acompanhe!


1. Expansão do 5G

Os dispositivos móveis são recursos cada vez mais importantes para as organizações terem mais mobilidade e condições de oferecer um atendimento diferenciado. Com o surgimento e a expansão do 5G no Brasil, as companhias terão um ambiente mais favorável para acessar os dados de maneira mais prática e ágil.


Também vale destacar que o 5G vai elevar consideravelmente a aplicação da Internet das Coisas (IoT), proporcionando mais dinamismo ao setor industrial que poderá investir mais na robotização para automatizar as etapas da produção.


2. Inteligência Artificial

Algumas empresas já estão aderindo a chatbots e a assistentes virtuais para interagir com o público-alvo. Para esses recursos serem utilizados de forma mais ampla é fundamental que a Inteligência Artificial (IA) seja adotada de maneira estratégica pela empresa, considerando a necessidade de oferecer uma melhor experiência ao consumidor.


Por meio da IA, também é possível identificar tendências no comportamento dos consumidores e antever situações em que haverá uma maior demanda pelos serviços. Com uso de softwares de ponta, essa ferramenta pode agregar bastante valor às corporações.


3.Cibersegurança

A segurança da informação passou a ser um aspecto ainda mais importante com o fortalecimento da transformação digital. À medida que as organizações dependem cada vez mais de softwares e hardwares para executar uma série de atividades, maior deve ser o cuidado em manter a rede devidamente protegida.


A expansão do trabalho remoto é mais um elemento que mostra como é primordial ter uma grande atenção com a cibersegurança. Uma prova disso é que, de acordo com relatório da Fortinet, o Brasil sofreu 8,4 bilhões de tentativas de ataques virtuais, em 2020. Esse número confirma que investir na proteção dos dados é essencial para evitar prejuízos financeiros e de imagem.


4.Nuvem híbrida

Uma forma de reforçar a segurança da informação é por meio de medidas que minimizem os riscos de sucesso dos ciberataques. Esse aspecto tem motivado as companhias a apostar na nuvem híbrida. Ou seja, usar a infraestrutura própria de TI e, ao mesmo tempo, alocar parte das informações em provedores de nuvem pública.


Essa postura tem como foco ter mais garantias de que as informações estarão disponíveis, mesmo quando ocorrerem incidentes de segurança, como o ransomware, ataque responsável por sequestrar dados e liberá-los somente por meio de pagamento.


5.Computação quântica

A busca por gerenciar os informações com mais eficiência é uma das tendências mais marcantes da atualidade. Esse fator justifica o interesse de muitas empresas em investir na computação quântica, que consiste em uma tecnologia capaz de compilar um grande volume de dados.


Para aproveitar as inovações que estão ganhando espaço no mundo corporativo com o advento da transformação digital, é fundamental contar com um suporte técnico de TI qualificado. Assim, uma empresa tem mais possibilidades de adotar os melhores recursos para atingir uma excelente performance.


Se pretende maximizar o uso da tecnologia no seu negócio, entre em contato com a equipe da Start agora mesmo! Queremos te ajudar a vencer novos desafios e a se tornar uma referência no mercado!





22 visualizações0 comentário